Número total de visualizações de página

domingo, 14 de agosto de 2011

Dia 5 - Violeta vai à Ópera

Neste dia visitei uma autêntica máquina do tempo que nos permite mergulhar no século XIX. Na verdade acho que ainda por lá ando... A Ópera Garnier é fabulosa!



E este tecto pintado por Chagall?

Visita virtual em:

Depois de sair da Ópera Garnier não foi preciso andar muito para entrar nas Galerias Lafayette, mas tal só acorreu devido à chuva...


As galerias são magníficas, é verdade,  mas não é este lado da cidade de Paris que me encanta. Compreendo que quem tem muito dinheiro vá a Paris para comprar as roupas das grandes marcas que não encontra cá. Como as finanças desta Violeta só lhe permitem ter acesso à cosmética e aos perfumes das referidas marcas,  não há necessidade de ir a Paris com esse intuito, temos cá acesso a isso tudo. E não é que sou feliz na mesma?

De seguida dirigi-me à Place Pigalle, passando pelo famoso Molin Rouge, com o objectivo de entrar numa pastelaria de tunisinos, cujas baklavas me trouxeram muitas alegrias da última vez que lá estive. Já disse que adoro a multiculturalidade parisiense?


A subida a pé para Montmartre justificava-se, nem que fosse para queimar as calorias ingeridas. E assim perdi-me nas suas ruas excessivamente turísticas...


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.