Número total de visualizações de página

domingo, 10 de abril de 2011

Parto Sem Dor

"E agora eu vou-me embora
e embora a dor
não queira ir já embora
agora eu vou-me embora
e parto sem dor.

E parto dentro de momentos
apesar de haver momentos
em que dentro a dor
não parte sem dor."

Sérgio Godinho


Ainda não tinha entrado na ponte e já as lágrimas saltavam imparáveis. Tinha levado a viagem toda a avaliar os sentimentos e a achar que desta vez até não ia sofrer, que com o tempo vem a insensibilidade, aliás, jurava que já estava instalada qual software antivírus. Mas bastou ouvir: “Espera, leva o cd do Sérgio Godinho para ouvires”, para relembrar tudo aquilo que nos une e que é tão forte, mais forte só aquilo que nos separa. E agora estou a ouvir o cd com ar de tonta, a pensar na pequena sarda que ele tem na cana do nariz, com os relatórios todos por fazer. Todinhos!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.