Número total de visualizações de página

sábado, 2 de abril de 2011

Deliro! Mas não tanto...

Hoje estou para a escrita como o "Mestre Delirante de Guimarães" estava para a pintura. Eu, pelo menos, afasto-me do teclado do computador. Como documento histórico é maravilhoso, sem dúvida.  A composição é interessante, delirante, mas a execução... O já referido mestre gostaria de saber pintar, era uma coisa que ele gostaria...  Ai as mãos!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.